Voltar à pág. do Curso de Ciências BiológicasVoltar à pág. do Curso de Ciências Biológicas
SOBRE O CURSO...
 

O curso de Ciências Biológicas – por meio de um currículo abrangente e integrado, com visão generalista de todos os níveis de organização biológica – tem como objetivo formar biólogos e profissionais que se dediquem ao ensino e à pesquisa, capacitados a tratar os problemas ambientais de maneira integrada, atuando na preservação e no monitoramento dos ecossistemas, assumindo um caráter essencialmente holístico.

CAMPOS DE ATUAÇÃO

1  Magistério:

  • ciências, no ensino fundamental;
  • biologia, no ensino médio;
  • sub-áreas da biologia, no ensino superior.

2  Pesquisa:

  • elaboração, coordenação e execução de projetos de pesquisa.

3  Prestação de serviços à comunidade:

  • orientação, assessoramento e prestação de consultorias a empresas, fundações, autarquias, sociedades e associações de classe;
  • realização de exames, perícias, emissão e assinatura de laudos técnicos e pareceres.

É necessário que, além da Biologia, este profissional conheça a realidade sociocultural do país e de sua região em particular para que o ensino dessa Ciência e os resultados das pesquisas biológicas sejam aproveitados e aplicados. O biólogo deve desenvolver o raciocínio científico e o espírito crítico integrados à natureza e à cultura de seu povo.

Perfil do Profissional

A intencionalidade do Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas é formar profissionais com conhecimento científico adequado a sua profissionalização.

Pretende-se formar profissionais da educação em ciências Biológicas para atuar no ensino Fundamental (Ciências) e Médio (Biologia).

O licenciado necessita de amplos conhecimentos em métodos e técnicas do trabalho pedagógico. Além do saber científico em Ciências Biológicas, o licenciado deverá, mediante integralização do Currículo, dominar amplamente o saber fazer de profissional da educação, deverá saber ensinar. Em outros termos, deverá saber mover inteligências e vontades para a produção de conhecimentos com seus alunos do ensino fundamental e médio.

Além das características citadas, somam-se outros aspectos definidos pelo parecer 1.301/2001, específicos para Ciências Biológicas, aprovados pelo Mec:

  • um mestre generalista, crítico, ético, e com espírito de solidariedade;
  • um cidadão cientificamente educado capaz de fazer uma leitura crítica da realidade e de perceber que as condições de vida não dependem só das causas biológicas, mas também das questões sociais, políticas e econômicas;
  • um profissional consciente, preocupado e comprometido com os objetivos da educação, com a prática educativa em seus vários momentos e fazeres pedagógicos, com produção de conhecimento e com formação da educação científica;
  • um profissional cientificamente capacitado, comprometido técnica e politicamente com o social, e, enquanto sujeito na relação com o aluno de ensino fundamental e médio, também sujeito do processo histórico;
  • produtor de avanços nas reformas contemporâneas de conviver, relacionando-se com a natureza, construindo e reconstruindo as instituições sociais;
  • consciente da necessidade de atuar com qualidade e responsabilidade em prol da conservação e manejo da biodiversidade, políticas de saúde, meio ambiente, biotecnologia, bioprospecção, biossegurança e gestão ambiental, tanto nos aspectos técnico-científicos, quanto na formulação de políticas, e capaz de se tornar agente transformador da realidade, presente na busca de melhoria da qualidade de vida, comprometido com os resultados de sua atuação, pautando sua conduta profissional por critérios humanísticos, compromisso com a cidadania, rigor científico e referenciais éticos legais.

Objetivos do curso

Possibilitar ao aluno a compreensão de que a vida se organizou através do tempo, sob a ação de processos evolutivos, tendo resultado numa diversidade de formas sobre as quais continuam atuando as pressões seletivas, e o entendimento das relações de interdependência entre os organismos, aqui incluídos os seres humanos, através da compreensão das condições físicas do meio, do modo de vida e da organização funcional interna própria das diferentes espécies e sistemas biológicos.

O curso deverá qualificar o graduando para atuar em pesquisa teórica e aplicada nas diversas áreas das Ciências Biológicas, por meio de sólida formação básica e interdisciplinar, com domínio dos conceitos fundamentais da área e com capacidade de compreender e transmitir os conteúdos biológicos, visando:

  • propiciar ao estudante o conhecimento de diferentes experiências didáticas em ensino de Ciências Biológicas;
  • estimular a constante atualização,como instrumento de valorização pessoal, assumindo uma postura de flexibilidade e disponibilidade para mudanças contínuas o que culminará com o estabelecimento de um sistema educacional de qualidade;
  • promover o princípio da ética democrática: responsabilidade social e ambiental, dignidade humana, direito à vida, justiça respeito mútuo, participação, responsabilidade, diálogo e solidariedade.

Campos de Atuação

Institutos de pesquisa, fundações, autarquias, organizações não governamentais, indústrias, secretarias de Estado, prefeituras, consultorias e assessorias a empresas, etc. A profissão é regulamentada pela Lei Federal n.º 6.684, de 03/09/79, alterada pela Lei Federal n.º 7.017, de 30/08/82, e os Decretos Federais n.º 85.005, de 06/08/70, 88.438 e 88.439, de 28/06/83.


Voltar à página de Ciências Biológicas  Voltar ao início desta página


© 2008 UNESPAR-Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Cornélio Procópio