Voltar à página inicial do Curso de Geografia

Geologia e Pedologia
na região Norte Pioneira do Paraná

Disciplina:   Fundamentos de Geologia e Pedologia

1º ano do curso de Geografia (2004)

Professor:   Aécio Rodrigues de Melo

Objetivo:   Reconhecer in loco a estrutura geológica característica do local, situada na transição do 2º Planalto - rochas sedimentares da idade paleozóica - para o 3º Planalto - rochas magmáticas extrusivas e sedimentares de deposição eólica.

Municípios visitados:   Ribeirão Claro, Jacarezinho, Santo Antônio da Platina e Ribeirão do Pinhal.

Resumo:   A constituição geológica do município de Jacarezinho é formada por rochas argilíticas e areníticas das formações Rio do Rastro, Pirambóia e Botucatu, recobertas por rochas ígneas vulcânicas da Formação Serra Geral. Essas rochas formam as escarpas da borda da Bacia Sedimentar do Paraná, na sua porção superior, e são responsáveis pelo relevo em platôs e mesetas elevadas da região.

Locais:   Pedreira de arenitos da formação Botucatu (JKb), pedreiras de argilitos, siltitos e arenitos do Grupo Passa Dois (PPD), dobra tectônica, diques de diabásio, drenagem do Rio das Cinzas, seixos fluviais e basaltos da formação Serra Geral (JKSG).

Recursos hídricos:   Rios das Cinzas, Jacaré, Ouro Grande, Anhumas, Ribeirão Ourinhos, Bonito do Meio, Claro e Paranapanema.

Recursos minerais:   Extração de argila, de areia, britas de basalto, blocos rochosos do arenito silicificado da formação Botucatu, lajes de siltitos arenosos e exploração de siltitos argilosos pelas cerâmicas, etc.

Informação adicional:   A maioria dos rios da região corre sobre lajes e quase não possui areia. Os principais fornecedores de areia para o Norte do Paraná são Salto do Itararé e Santana do Itararé, na divisa com o estado de São Paulo, provenientes do Rio Itararé.

Voltar ao início desta página



© 2005 Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Cornélio Procópio