Celular e direção fazem uma mistura tão perigosa quanto conduzir um veículo alcoolizado. Isso porque falar ao telefone ou mandar SMS distrai o motorista e pode aumentar em 400% o risco de acidentes.

O principal perigo é fazer atividades que exijam retirar as mãos do volante, como mexer em um aparelho eletrônico, ou que façam pensar sobre outras coisas. Isso inclui comer, beber, procurar algo, ler, maquiar-se, pôr um CD ou mudar a estação do rádio e, claro, usar o celular.

Você pode fazer um teste (em inglês simples) do governo britânico para simular sua atenção no trânsito.

Texto extraído de G1 bem estar