Campus de Cornélio Procópio
Cornélio Procópio, 21 de julho de 2016
O Som da História: Noite de Gala 1975* (11)
João Dias, Albertino Rodrigues e Os Diplomatas

João Dias

Professor João Dias

Professor de acordeon e de violão há vários anos em nossa cidade. Atualmente, mantém um curso de violão na Alianca Francesa, com considerável numero de alunos.

Tem se apresentado frequen-temente com seus filhos e com seus alunos, sempre ecebendo os mais calorosos dos aplausos.

O homenageado, Professor João Dias, deleitará o público, interpretando com um grupo de alunos.

Texto original (Noite de Gala 1975)

Albertino Rodrigues

Albertino Rodrigues

Dando sequência às nossas homenagens, falemos de violonista.

Este agora é seresteiro, Exímio acompanhador e solista que já se apresentou em várias ocasiões na TV Coroados, inclusive no Programa da Saudade.

Programa de Seresta, na TV Coroados, década de 1960 - Moreno (sax), Pai Jacó (acordeon), Cabeção (cavaquinho), Albertino (violão), Dinho (no balcão), e o cantor Silvio Caldas (Ac. Prof. Felipe de Faria)

Pessoa muito conhecida nos meios artísticos, Albertino Rodrigues apresentar-se-á em seguida.

Texto original (Noite de Gala 1975)

Albertino Rodrigues demonstra sua perícia ao violão executando três belas melodias. A segunda peça é o lindo choro Carinhoso, de Pixinguinha, com letra de João de Barro, o Braguinha. Esta é uma gravação especial para a Noite de Gala, feita por Wilson Ferreira Jacobsen, em 1975. (Dur. 9'30")

Os Diplomatas

O conjunto surgiu em 13 de março de 1969.

Extinta a famosa Orquestra Tangará, um grupo de músicos experientes resolveu acompanhar a onda. Godinho, Birinha, Poti, Enéias, Alcides, Salvador*, Roberto e Lucas decidiram enaltecer o presente sem deixar de glorificar o maravilhoso patrimônio musical de nosso passado.

Hoje, com algumas modificações na sua estrutura, o conjunto continua em sua ascenção, abrilhantando bailes e festividades regionais, elevando o nome de nossa comunidade, através de seus expoentes artísticos.

Os Diplomatas, por meio de José Marques Godinho, recebem o troféu como exímios intérpretes de música romântica.

Texto original (Noite de Gala 1975)

Os Diplomatas: a partir da esquerda: Enéias, Zé Luís, ?, Márcio Aníbal ('Bats'), Alcides, Salvador, Serginho, Roberto e Godinho (Gentileza de Ataíde Cuqui)

* Nossa sincera homenagem a Salvador Ferracin, que faleceu dia 15 (julho de 2016), com 88 anos, muito lembrado principalmente pelos longo tempo em que participou da Banda Municipal Santa Cecília, tendo sido um de seus primeiras integrantes.

Os Diplomatas executam o sucesso de Benito de Paula de 1972, Beleza Que É Você Mulher, em gravação especial para a Noite de Gala, feita por Wilson Ferreira Jacobsen, em 1975. (Dur. 3'58")

Visitantes:



Compartilhe no LinkedIn