Campus de Cornélio Procópio
Cornélio Procópio, 28 de fevereiro de 2017
Leitura: destaques de publicações culturais e científicas
Sertão Dourado

Horizonte Geográfico
Edição 160
Novembro de 2016

Deserto de águas, como muitos chamam o Jalapão, tem ouro na paisagem das dunas e na mão das artesãs.

O artesanato do capim dourado fez com que o mundo chegasse às populações nativas do afastado e inóspito Jalapão. Quem vê as peças de longe e com o sol incidindo sobre elas, tem a impressão de que são feitas de ouro. Bolsas, cestas, pulseiras e chapéus ocupam lugar de destaque nas lojas mais caras de São Paulo e do Rio de Janeiro e são exportadas para mais de uma dezena de países.

Leia mais ou faça o download

Análise da eficiência do resgate de fauna em empreendimentos lineares

REB Revista Eletrônica de Biologia
V. 8, n. 2
2015

A crescente urbanização dos municípios, e estados brasileiros leva os planejadores a buscar alternativas para solucionar os problemas decorrentes desse processo. Todo conjunto de biomas nativos encontra-se hoje em retração frente à ocupação humana, causando grandes impactos negativos a todos os grupos faunísticos, sobretudo a Mastofauna. Este estudo objetivou analisar os danos causados pela duplicação da rodovia Raposo Tavares e identificar os animais que habitam esta área.

Leia mais

Microcefalia in vitro

Pesquisa Fapesp
Edição nº 252
Fevereiro de 2017

Quando invade o cérebro, o vírus zika causa alterações no funcionamento da maquinaria genética de maneira que as células nervosas deixam de se dividir e se diferenciar nos vários tipos que compõem o órgão responsável por comandar o funcionamento do corpo. Além disso, também ativa genes que ajudam o próprio vírus a se replicar.

Leia mais

Vocabulário repetitivo pode ser sinal precoce de Alzheimer

Superinteressante
Edição online
Fevereiro de 2017

Divagações e frases desconexas também podem ser indício da doença. Agora, cientistas querem diagnosticá-la antes dos primeiros sintomas.

“Eu fui até a loja buscar as coisas, e quando cheguei lá, fiquei procurando a farinha, o açúcar e os ovos. Mas eles não tinham todos os ingredientes que eu precisava, então eu desisti. Decidi voltar para casa… Então, hum, voltei sem nada, até encontrar a fulana no elevador… Aquela lá que tem um gato, que sempre é muito simpática. Mas, bom… Não consegui, na verdade, fazer o bolo.”

A frase acima poderia ter saído diretamente da boca de um paciente com Alzheimer – anos antes dos primeiros sintomas cognitivos começarem a aparecer.

Leia mais...

Infecções revelam desigualdades entre os sexos

Scientific American Brasil
Online
Junho de 2016

Os sistemas imunológicos de homens e mulheres respondem de maneiras diferentes à uma infecção - e cientistas estão começando a notar. Pistas de que mulheres e homens lidam de maneiras diferentes com infecções existem há algum tempo. Em 1992, a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou de circulação uma vacina contra sarampo depois que ela foi ligada a um aumento substancial nas mortes de garotas em testes clínicos no Senegal e Haiti. Ainda não é claro porque os meninos não foram afetados, mas o incidente foi um dos primeiros exemplos a chamar atenção dos cientistas.

Leia mais

Quatro dicas para conquistar reconhecimento e ser promovido

Melhor: Gestão de Pessoas
Revista online
Fevereiro de 2017

Quem ingressa no mercado de trabalho tem uma série de expectativas, como crescer na carreira, ganhar mais, realizar-se profissionalmente e ser reconhecido pela empresa. Porém, nem todos conseguem alcançar o sucesso, seja por falta de capacitação ou carência de habilidades. Para ter uma carreira de destaque é necessário desenvolver competências que são exigidas pelo mercado. Uma das maneiras de ser promovido é justamente buscar qualificação por conta própria.

Leia mais

Os crocodiliformes da formação Marília (Bacia Bauru, Cretáceo Superior) na região de Monte Alto, estado de São Paulo, Brasil

Revista Brasileira de Paleontologia
Edição 19 (3)
Setembro/Dezembro de 2016

Os trabalhos sistemáticos de prospecções paleontológicas realizados em sedimentos cretácicos do Grupo Bauru no Município de Monte Alto (Figura 1), Estado de São Paulo, iniciaram-se na década de 1980 e revelaram uma fauna cretácica composta por biválvios, testudinos, escamados, crocodiliformes, além de dinossauros saurópodes e terópodes

A presença de crocodiliformes em Monte Alto foi relatada pela primeira vez por Moraes-Rego (1935), referindo-se a uma forma análoga ao gênero Pholidosaurus descoberta por Mathias Gonçalves de Oliveira Roxo em materiais oriundos da região.

Leia mais ou faça download

Em discussão, a onipotência do “x”

Ensino Superior
Edição online
Fevereiro de 2017

Exames tradicionais vêm sendo substituídos por provas orais, dinâmicas e avaliações que medem competências extracurriculares. O objetivo é selecionar candidatos mais preparados – e não só do ponto de vista técnico.

Uma estrutura suficientemente engenhosa para proteger um ovo cru ao ser arremessado por uma catapulta. Esse é o desafio que Bruno Vianna Bitelli e seu grupo enfrentaram durante 75 minutos na segunda fase do processo seletivo do curso de engenharia mecatrônica do Insper. Recém-saído de outra importante escola de tecnologia, onde apenas cursou um ano, Bitelli confessa que “estava disputando o vestibular às cegas”.

Leia mais

O dilema do FIES

Revista Educação
Edição online
Fevereiro de 2017

Tentativa de redesenhar o programa para garantir a sua sustentabilidade esbarra em questões sobre como dar vazão à grande demanda por educação superior no país.

Em 2015, o corte de 60% nos contratos do Fies teve o efeito de um terremoto no ensino superior privado. Sem condições de pagar as mensalidades, milhares de estudantes adiaram os planos de cursar o ensino superior, provocando uma queda nas receitas das instituições.

O novo governo ainda não mexeu no Fies, mas já anunciou que pretende fazê-lo. Em meio ao suspense de como será a nova versão do programa, cabe uma reflexão sobre o seu papel no setor educacional e de que forma ele poderia ser aperfeiçoado.

Leia mais

Como era a vida no Brasil da hiperinflação?

Mundo Estranho
Edição Online
Fevereiro de 2017

Caótica! Entre a década de 80 e 90 os preços de produtos e serviços brasileiros subiram absurdamente. Para viver nessa época, além de gastarem todo seu salário rapidamente, as pessoas criaram hábitos que perduram até os dias de hoje, como o de fazer compras do mês. Foi nessa época que se consagrou o dragão como símbolo da inflação, por ser um monstro enorme, que solta fogo e representa perigo iminente.

Leia mais

Comportamento suicida: Vamos falar sobre isso?

Ciência Hoje
Edição 342
Dezembro de 2016

Um suicídio impõe aos que ficam o choque e a violência do abandono, desencadeia sentimentos confusos e aparentemente inconciliáveis. A dor causada por um suicídio é silenciada na vida das pessoas e ocultada na história das famílias. Então, sobre o que não se conversa, faz-se de conta que não aconteceu. Embora um tabu social tenda a ocultar a realidade dos suicídios, é preciso falar sobre isso.

Leia o artigo

Os benefícios da Internet, o plágio e a dimensão ética para o mundo acadêmico

Revista Tecnologia Educacional
Edição especial (discente)
Agosto de 2017

A facilidade que a web proporciona ao pesquisador faz com que aja necessidade de se refletir sobre ética na pesquisa científica, pois pesquisadores e alunos de todas as etapas, escolar ou acadêmica, vêm fazendo uso do plágio quando realizam suas pesquisas, muitos desses desconhecem a prática do plágio e o fazem sem ter qualquer conhecimento, não o praticam pelo lado da má fé. O plágio é algo antiético e ilegal, revelando uma desonestidade com o autor original de uma obra, caracterizando-se também como crime previsto no Código Penal Brasileiro e está sujeito a pena.

Leia mais... (está na página 60)

Empoderamento Digital

Linha Direta
Revista online
Fevereiro de 2017

A tecnologia está cada vez mais presente em sala de aula. Mas será que tem contribuído para os processos de ensino e aprendizagem?

Por muitos anos, os recursos tecnológicos foram um tabu em sala de aula – o computador funcionava apenas para as aulas nos laboratórios de informática, os tablets e smartphones eram estritamente proibidos entre os alunos, vistos pelo corpo pedagógico apenas como instrumentos de entretenimento. É fato que em muitas instituições de ensino ainda existe a ruptura com o novo, mas o desenvolvimento vivido pela sociedade pós-moderna precisa ser acompanhado também pela educação.

Leia mais... (está na página 4)

Exploring the legacy of the New World’s most successful native rebellion

Archeology
Edition
March/April 2017

In 1694, warriors from a number of Pueblo villages in northern New Mexico occupied the summit of Black Mesa and withstood a months-long Spanish siege. An isolated volcanic outcropping, Black Mesa rises high above the floodplain of northern New Mexico’s Rio Grande Valley. The land it’s on belongs to the people of San Ildefonso Pueblo, whose ancestors have farmed near the base of the mesa since at least A.D. 1300. A natural fortress, Black Mesa was the scene of dramatic events in 1694, when Pueblo warriors encamped on its summit withstood a months-long Spanish siege. That conflict was the culmination of what is known today as the Pueblo Revolt, an indigenous uprising that began on August 10, 1680.

Leia mais

Warrior treasures: Saxon gold from the Staffordshire Hoard

Current Archeology
Edition 323
January 2017

What can the glittering weapon fittings from the Staffordshire Hoard tell us about the Anglo-Saxon warrior elite?

In July 2009, a metal-detectorist discovered what turned out to be the largest cache of Anglo-Saxon gold and silver yet found. It was in a Staffordshire field near Lichfield, ecclesiastical centre of the kingdom of Mercia. The hoard consists of around 4,000 fragments of fittings stripped from swords, seaxes, and other arms in the first half of the 7th century.

Leia mais

Visitantes:



Compartilhe no LinkedIn