Campus de Cornélio Procópio
Cornélio Procópio, 24 de julho de 2017
Acadêmicos da UENP-CCP participam da Rondon Regional
Operação regional visa ações em diversas áreas

No dia 23 deste mês, domingo, professores e alunos da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) iniciaram as atividades da Operação Rondon Regional. A UENP participará do projeto enviando duas equipes, que desenvolverão ações nos municípios Conselheiro Mairinck e Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro do Paraná. Durante duas semanas, seguindo os moldes da Operação Rondon Nacional, as equipes realizarão ações nas áreas de Saúde, Educação, Cultura, Meio Ambiente, Direitos Humanos e Justiça, Trabalho, Tecnologia e Produção e Comunicação. Mais oito municípios do norte pioneiro receberão alunos de outras 13 instituições de ensino superior do Paraná.

Os acadêmicos da UENP-CCP que foram selecionados para a Rondon Regional no município de Conselheiro Mairinck são: Caroline de Morais (Pedagogia), Lorena Seixas Soares de Souza (Geografia) e Priscila Frazato da Silva (Ciências Biológicas). Nesse município, o trabalho realizado pelos rondonistas será orientado pelo professor Pedro Henrique Carnevalli Fernandes e pela professora Keli Regina Victorino.

Coordenada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), juntamente com as Universidades Estaduais do Norte do Paraná (UENP) e do Oeste do Paraná (UNIOESTE), a Operação em nossa região ocorre nas cidades de Jacarezinho, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Joaquim Távora, Ribeirão

Preparados para a Operação Rondon Regiona

Claro, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos e Wenceslau Braz.

A ação envolve a UEPG, UENP, Unioeste, Universidade Estadual de Maringá, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campi de Campo Mourão, Cornélio Procópio, Londrina e Ponta Grossa, o Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais, Universidade Positivo, Faculdade Paranaense e União dos Escoteiros do Brasil (UEB). O projeto é apoiado pela Secretaria de Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Seti) e Sanepar.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social

Visitantes:



Compartilhe no LinkedIn